É hora do almoço, aliás, já passou da hora do almoço e não estamos com a mínima fome. Nosso café da manhã foi super reforçado, comemos muito e encaramos a tapioca recheada com leite condensado. Lições do dia? Sempre comer tapioca (amanhã experimentaremos as salgadas) porque é muito bom, nunca pegar cuscuz e sempre perguntar o sabor dos sucos. Por exemplo, hoje a Carol pegou um suco de laranja e eu um de acerola. Na verdade, isso era o que queríamos e deduzimos pelas cores. Só que no primeiro gole mudamos de idéia. Olha a dúvida: laranja ou caju? acerola, goiaba ou melancia? Sim, não entendemos nada de fruticultura.

Depois do super-café, resolvemos questões básicas de sobrevivência. Fomos conhecer as agências bancárias, fizemos compras no supermercado, passamos na farmácia e adquirimos um chip 87 depois de muita, mas muita caminhada. Saímos do hotel a pé, porque nosso carro ainda não havia chegado. Como estamos hospedadas bem no centro, não haveria problemas. Tudo seria resolvido rapidamente, até descobrirmos que tinham acabado os chips de celulares disponíveis no centro. Como precisávamos urgentemente de um, fomos até o shopping River para comprá-lo, a pé mesmo. No total, foram quarenta minutos de caminhada, acho que já gastamos as calorias do café!

Agora estamos novamente empacadas no hotel porque o carro ainda não chegou. Daqui a pouco vou ligar para a locadora cobrando. Enquanto isso, terminamos uma Coca e um Suflair (ainda do estoque da Ocean Air) e um Fandangos resultante do caos aéreo.

Anúncios